Pikmin 3 Deluxe – Primeiras impressões (Nintendo Switch)

0
90

Pikmin 3 Deluxe, é uma portabilidade do jogo de Wii U, lançado em 2013, para o Nintendo Switch. Podemos até dizer que é um remaster. Neste jogo, o planeta Koppai sofre de superpopulação e escassez de comida. Expedições são enviadas pelo universo para encontrar novas substâncias comestíveis. Porém, todas elas falham no meio do percurso, com exceção de uma. Após encontrarem um planeta onde possa existir alimento, as últimas esperanças do planeta Koppai estão nas mãos de três indivíduos: Capitão Charlie, o engenheiro Alph e a botanista Brittany.

Infelizmente, instantes antes de aterrissarem no planeta desconhecido, algo dá errado e a nave se parte, lançando Charlie, Alph e Brittany para áreas distintas da superfície. Seu objetivo é reunir os três tripulantes, encontrar as partes de sua nave para que possam voltar para casa e encontrar comida. E além disso, talvez o mais importante: sobreviver.

Pikmin é caracterizado como um jogo de corrida contra o tempo, pois há um limite de dias para sobreviver até o final do jogo. E também, toda vez que se dá início a uma missão é como se fosse o começo de um novo dia. Você tem até o anoitecer para explorar o local, pois neste planeta há predadores noturnos perigosos que saem à caça.

Embora alguns fãs tenham ficado um tanto desapontados com a minúscula melhoria em performance (rodando em apenas 720p a 30 fps, pelo menos na versão demo), Pikmin 3 Deluxe traz uma quantia significativa de conteúdo novo e configurações. No Switch, os desenvolvedores incluíram suporte a jogo cooperativo, mais conteúdo de história e melhorias na qualidade de vida.

Mais especificamente, a versão Deluxe traz novas missões de prólogo e epílogo protagonizando Olimar e Louie, a possibilidade de jogo cooperativo no mesmo console tanto no modo campanha quanto em mini-games, e os confrontos de Bingo Battle.

O jogo também incorpora a Piklopedia, que contém informações sobre as criaturas que o jogador encontra na aventura. Para os mais dedicados, ele também oferece um sistema de coleta de medalhas (badges) ao concluir determinadas condições.

Em termos de configurações, a versão para Switch adiciona novas opções de dificuldade, lock-on da mira, dicas opcionais e a escolha de jogar de maneira mais “tranquila”. Pikmin 3 Deluxe também já vem com todas as missões de DLC do jogo original inclusas.

Os desenvolvedores fizeram um bom trabalho de embelezamento na versão Deluxe. Apesar do demo apresentar pouca melhoria em performance, o visual do jogo é extremamente admirável. Pode-se ver uma melhora nas texturas e alguns modelos, apesar dos gráficos não serem realistas devido à proposta do próprio jogo. Mas ainda assim apresenta uma paisagem deslumbrante. O detalhe que mais me impressionou, apesar de pouco significativo para o jogo, é a qualidade da água!

A jogabilidade de Pìkmin 3 Deluxe é a mesma de sempre. Difere apenas em alguns controles melhorados aqui e ali, ou funcionalidades novas que facilitam e ampliam as estratégias e mecânicas do jogo.

Mas por falar em controles, eis um ponto negativo. Eu joguei com todas as configurações de controle e não consegui me decidir qual era melhor – porque nenhuma é. Provável que a configuaração padrão será sua melhor aliada. É possível controlar o cursor com o próprio analógico, mas este se limita para a direção em que o personagem estiver olhando. Então você pode ativar o giroscópio, que permite mover a mira mais para longe ou perto do personagem – porém, ainda limitado para a direção em que estiver olhando.

Por fim temos a opção do sensor de movimento, que com certeza será a primeira coisa que você irá ativar. Afinal, que jeito melhor de controlar o cursor de uma tela do que apontando o joy-con na direção desejada – assim como funcionava nos Marios Galaxy’s. Ha-Ha-Ha. Poderia ser a opção ideal, se funcionasse desse jeito. O cursor ainda acompanha a rotação da câmera e alguns elementos desconhecidos, forçando o jogador a apertar [R] constantemente para recentralizar o cursor. Senão, chegará num ponto em que você precisará angular o pulso em 572°. Sem mencionar a imprecisão dessa funcionalidade.

Em suma, teste todas as formas e veja qual você se adapta melhor – ou se frustra menos. Independentemente, será uma questão de se acostumar.

A versão demo de Pikmin 3 Deluxe permite jogar a história até o 4º dia de exploração, tal como acessar alguns mini-games e o jogo cooperativo. Vale lembrar também que seu progresso no demo será transferido para o jogo completo caso o adquira.

Eu não sou um jogador fã de Pikmin, mas joguei os dois primeiros na versão do Wii. Para mim, é um jogo “gostosinho” de se jogar. Os personagens são divertidos e é interessante vê-los aprendendo sobre o desconhecido. Alguns puzzles são bem óbvios, enquanto outros precisam de alguns segundos no mínimo para se ter o ‘clique’.

E com a adição do modo cooperativo, já faz de Pikmin 3 muito mais jogável, pois assim você divide o micro-managing obrigatório do jogo com um amigo. É aquela velha história: “duas cabeças pensam melhor que uma.” Não deixando de lado as badges também, que dão um motivo a mais para nos empenhar ao jogo.

Apesar dos controles, essa versão de Pikmin aparenta bem completa. Se você gosta da série, defintivamente será uma boa aquisição. Também recomendo para aqueles que nunca jogaram Pikmin, devido às diferentes possibildiades de jogo e o modo co-op.