Como o Novo Roteiro de Matt Reeves Para The Batman altera o DCEU
16.07
2017
Como o Novo Roteiro de Matt Reeves Para The Batman altera o DCEU

O filme solo do Batman do Universo Estendido da DC, conhecido como The Batman, tem passado por um ano turbulento. Desde que Ben Affleck abandonou a cadeira de diretor do longa para se focar na interpretação e preparação para viver Bruce Wayne/ Batman, quem assumiu a direção foi Matt Reeves (Planeta dos Macacos: A Guerra, Cloverfield).

Recentemente, o diretor afirmou estar fazendo sua própria versão do filme, com o roteiro diferente daquilo que já havia sido concebido anteriormente por Ben Affleck e Geoff Johns. Contudo, diversos elementos do The Batman já haviam surgido antes de Reeves assumir a direção, deixando a dúvida de como essa diferente dinâmica estará inserida no filme e no Universo Estendido da DC. Confira as informações disponíveis até agora sobre alguns tópicos do filme:

Ben Affleck

Com toda a turbulência ao redor do filme no início desse ano, rumores começaram a surgir alegando que Ben Affleck estava frustrado com seu papel no DCEU. Foi dito que Affleck estava em conflito com a Waner Bros por conta de decisões criativas. Além disso, após o ator ter deixado a direção do filme, novos boatos surgiram dizendo que esse era apenas o primeiro passo e logo o ator também abandonaria o seu papel no DCEU.

No entanto, Affleck declara constantemente sua intenção de continuar atuando como Batman, assim como o diretor Reeves confirma: “Ele irá interpretar o Batman, com certeza.”

Exterminador

Desde que o filme foi anunciado, uma das especulações mais fortes sobre The Batman era que o Cavaleiro das Trevas enfrentaria diversos inimigos de sua galeria de vilões, dentre eles estaria o Exterminador, personagem que será interpretado por Joe Manganiello (True Blood, Magic Mike).

Porém, com o novo roteiro feito por Matt Reeves, é incerto se o personagem aparecerá no filme. Quando questionado sobre seu envolvimento no filme, o ator expressou incerteza sobre o assunto: “Hmm, Talvez. Nós veremos.”. Muitos acreditam que Joe abandonou o projeto para se juntar ao filme Rampage, com Dwayne Johnson.

Tom do Filme

Uma das diversas razões pelas quais os fãs estavam animados em ter Ben Affleck como diretor é o fato do ator, escritor e diretor possuir filmes que são sucessos financeiramente e também para a crítica especializada, Como diretor, Affleck especializou em narrativas próximas de um Thriller ao mesmo tempo em que mistura com uma ação eletrizante, como os Argo e Atração Perigosa.

Desde que Reeves entrou no projeto, os fãs têm se perguntado sobre como o diretor de Planeta dos Macacos irá abordar o Homem-Morcego. Em entrevistas, o diretor alega constantemente como planeja abordar The Batman: ele vê o filme como uma história de detetive no tom Noir, com a trama vista através da perspectiva do personagem principal.

“O que eu vejo em Batmane acho tão interessante é isso, de certo modo, ele me lembra de [Júlio] César: ele é alguém com um passado conturbado que está lutando consigo mesmo para tentar fazer a coisa certa em um mundo imperfeito, corrupto,” disse Reeves. ”isso proporciona uma oportunidade, se você quiser tomar esse ponto de vista para a trama, e eu posso imaginá-la sendo Noir.  Os [quadrinhos] originais à época de ouro são histórias de detetive. Eu acho que se você puder juntar isso com o subjetivo, tem uma chance de acontecer algo incrível.” Além disso,Matt Reeves também alegou que os filmes de Alfred Hitchcock o influenciaram para dar forma à sua versão do The Batman.

Em geral, o diretor tem sido bem aceito pelos fãs por conta de sua experiência em filmes como Deixe-me Entrar e os dois últimos capítulos de Planeta dos Macacos. Filmes que apresentam um tom que deve funcionar bem no contexto do Batman.

Conexões com o DCEU

Um dos maiores questionamentos é sobre como um filme do Batman feito de uma forma mais subjetiva, focado de forma profunda no personagem irá se conectar ao Universo Estendido da DC.

Tanto Ben Affleck quanto estão Geoff Johns amplamente ligados aos DCEU, uma vez que esse tem liderado o desenvolvimento do universo cinematográfico DC desde o princípio enquanto aquele está envolvido como ator e também auxiliando na estruturação do universo DC. Por outro lado, Reeves vem de posição afastada desse universo. Para beneficiar o DCEU, os filmes da DC devem incluir diversos personagens e fazer conexões uns com os outros. Portanto, os fãs esperam que The Batman não fique isolado (como os filmes do Christopher Nolan) ao mesmo tempo que não force conexões (como Batman Vs Superman: A Origem da Justiça), seguindo um balanceamento, assim como o recente Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

Mais Vilões

Os primeiros rumores indicavam que o filme teria a presença de diversos vilões icônicos, como o Coringa, Exterminador e o Espantalho. Todavia, com Reeves criando um novo roteiro, os vilões presentes são incertos.

Recentemente, o ator Josh Gad (A Bela e a Fera, Frozen) insinuo que ele poderia dar vida ao Pinguim. Contudo, Reeves negou ao ser questionado sobre a veracidade da escalação do ator para o papel. Até mesmo Gad admitiu: “ Não tem nada ali. Eu só estava me divertindo e a internet foi à loucura.”

Há diversas histórias do personagem que possuem um foco subjetivo e se focam no Cruzado Encapuzado. Dentre elas está Batman: Silêncio, uma história que possuí as características com as quais o diretor Reeves almeja trabalhar no filme solo, apresentando uma trama focada no Batman e em Bruce Wayne ao mesmo tempo que aborda diversos vilões ligados de forma pessoal ao Homem-Morcego. Mesmo que Reeves não esteja interessado em Batman: Silêncio, o ponto continua o mesmo: é possível contar uma história do Batman que apresente diversos vilões, sem sacrificar a qualidade.
The Batman deve estrear em 2019. Todavia, o próximo filme com o personagem é o Liga da Justiça, que estreia dia 17 de novembro.

Atual estudante de Jogos Digitais. Ex-estudante de Física, Psicologia, Produção de Áudio e Vídeo e até mesmo Edificações. Todas incompl....Segue o Fluxo! Todas essas mudanças acontecem, pois eu gosto sempre de ver as coisas acumulando o maior número de perspectivas possíveis, na busca de uma epifania. Tudo o que aprendi anteriormente compõe o meu senso crítico atual, que me instiga sempre a querer saber e entender os porquês das coisas, analisar. Para mim, atualmente o maior mistério do universo é: porque chamam o Batman de Cruzado Encapuzado?

GeekSaw • www.geeksaw.com.br
Tema por Gabriela Gomes