Patrulha Canina Paw Patrol Mighty Pups Save Adventure Bay – Joguinho bom pra cachorro!

0
310

Não é de hoje que empresas também produzem jogos voltados para o público infantil, uns bem ruins, outros divertidinhos e outros que introduzem bem a gurizada aos consoles. E este é o caso da OutRight Games, mas eai, oque esperar dessa patrulha boa pra cachorro (desculpe, sério… Mas eu precisava fazer esse trocadilho).

Lançado pela Outright Games, Paw Patrol Mighty Pups Save Adventure Bay! (Ou Patrulha Canina) é um jogo de aventura, com foco no estilo corre e resgate (não sei se posso usar esse termo, mas é bem válido).
Você pode correr, pular, trocar de personagem, e usar skills diferentes em cada fase.
Sim, as skills difícilmente se repetem, e nossa, pelo fato de a cada missão você controlar dois cachorrinhos, te permite fazer coisas como: apagar fogo, usar tirolesa, cortar cipós, quebrar gelo, e usar filhotes super poderosos!

Os percursos são simples, porem bem divertidos de seguir.


Esses filhotes super poderosos é um destaque para a campanha, pois as missões além de ficarem maiores, você vai ter mais opções de personagens por fase. E falando em fase, o jogo tem um conjunto generoso de fases, que elas se dividem em missões principais, segundarias e como bônus as fases tem níveis, e isso dá longevidade ao título.
As missões São bem variadas dentro de sua proposta. As principais se mantém no formato padrão, muda as skills nos obstáculos, mas as bônus, você dança, voa, vasculha, e claro, pega biscoitinhos durante todo o game.

Os especiais tem animações muito legais, e claro uma mudança na jogabilidade pra dar uma vareada natural.

Seu foco depois do resgate, é pegar todos os biscoitinhos de cada fase. Te recomendo ir com calma, pq mesmo sendo linear, ele tem cantos meio escondidos pra vc fazer coletas.
O jogo em si funciona como uma série pra gurizada: Você tem a introdução da missão, explicando tudo, a vinheta deles saindo para a missão e sempre com o tema principal tocando de fundo.
Pra molecada fã da série, é legal poder ouvir as músicas em português, ver o cuidado com os gráficos pra chegar ao mais próximo da animação, é de se tirar o chapéu.

Intercalando com os doguinhos você consegue sentir melhor a habilidade de cada um.


Esse jogo tem um quê de Hugo ( entreguei a minha idade agora! ), Principalmente em sua mecânica, seja esmagando o botão, ou apertando na hora certa. O jogo cativa por ser nichado, cativa por ser infantil, cativa por ser simples, mas desafia os guris a trabalhar encima do jogo.

O bônus é um bônus ( desculpe o trocadilho) super bem vindo e bem vareado, só aumenta a vontade de seguir no jogo.

A história do jogo é simples: salve alguém que está em apuros.
E nessa eu me senti cativado, pq é um jogo que cumpre oque promete: ser acessível pra todo mundo, e a palavra acessibilidade é uma parte fundamental dos jogos. Tem até descrição em áudio dos menus.
Um jogo desse não é pra quem busca desafios e dores de cabeça ( aquele que ama um ‘game over’), aqui é diversão para pais e filhos pequenos.

Os filhotes super poderosos vão sempre te acompanhar, e isso prolonga a fase ( isso é um ótimo sinal).


O jogo não teve bugs, a dublagem funciona super bem, e isso é uma evolução.
Títulos anteriores da empresa não tinham dublagem, e esse foi muito mais divertido doque os outros.
Os personagens são variados e cada um tem sua personalidade no quesito skills.
Patrulha Canina eu recomendo pra quem busca trazer os pequeninos aos games e pra jogadores mais casuais que curte aventuras diretas ao ponto.

4 de 5