Análise – Need for Speed Hot Pursuit Remastered

0
450
Need For Speed™ Hot Pursuit Remastered_20201123170725

 Desde o lançamento de “Need for Speed Rivals” em novembro de 2013, sendo este o primeiro da franquia para PS4, a desenvolvedora “Ghost Games” manteve um padrão para seus lançamentos, sempre lançando um título novo a cada 2 anos e no mês de novembro, assim, após Rivals tivemos “Need for Speed” (este sem subtítulo) em 2015, “Need for Speed Payback” em 2017 e “Need for Speed Heat” em 2019, mas quebrando este tabu, a Ghost Games resolveu trazer um título fora do período de 2 anos mas ainda sim em novembro, pois bem, “Need for Speed Hot Pursuit Remastered” retorna da era de ouro do PS3 e mostra que é um dos títulos que mais se destacou ao longo dos anos na franquia e logo falarei o porquê.

Enquanto isso, em 2010…

 Podemos dizer que NFS Hot Pursuit já era um excelente jogo, lá em 2010 quando foi lançado para Playstation 3, Xbox 360, Pc e mais algumas outras plataformas, possuía gráficos belíssimos que faziam jus aos consoles da época e mesmo sem uma jogabilidade em mundo aberto proporcionava uma enorme satisfação tanto solo como online com amigos ou jogadores do mundo todo.

 Ele também não possuía uma história base para ser seguida e finalizada, porém o jogador poderia escolher entre ser “fora da lei” ou “policial” (temática que já havia sido apresentada em NFS Rivals), como fora da lei você tinha que vencer rachas ilegais enquanto fugia da polícia, e como policial o objetivo era prender esses amantes da velocidade de qualquer forma possível. Seu sistema de campanha funcionava da seguinte forma, escolher uma das corridas disponíveis no mapa, correr e atingir seu objetivo para assim liberar mais corridas e carros, simples e funcional.

 Há, mas assim deve ser chato, você deve estar se perguntando, mas vos digo que mesmo sendo uma ideia diferente do que já havia sido apresentado na série, com jogos em mundo aberto e com liberdade para customizar os possantes, esta nova proposta tornou-se viciante e altamente divertida, isso eu posso afirmar com toda a certeza.

Este é o mapa de Seacrest Country, conclua corridas de Fora da Lei e de Polícial para habilitar muitas outras.

Além da alta velocidade que o jogo demonstra, o que torna NFS Hot Pursuit único é o que ele apresenta nas pistas, você não vai só correr e tentar ultrapassar seus adversários, ou tentar prender um fora da lei apenas com a força do motor da sua viatura, o jogo te disponibiliza armas poderosas que tornarão as corrida mais emocionantes, como fora da lei é possível usar uma “Barra de Espinhos” que pode ser solta pela traseira para retardar quem tentar te ultrapassar ou usar um poderoso “Nitro” que faz com que seu carro pareça um foguete, a sua disposição também há um tiro de “Pulso Eletromagnético” que paralisa temporariamente todo sistema elétrico da alvo que estiver na sua mira ou caso você seja o alvo de um pulso ou barra de espinhos, poderá usar o “Jam” que desativa qualquer uma dessas armas, além de dar pane no sistema de navegação dos policiais impedindo-os de usar o mapa e saber sua localização exata. Mas não pense que só os foras da lei tem a vantagem, a polícia além de contar com supermáquinas também tem seus trunfos, eles também podem usar a Barra de Espinhos e o Pulso Eletromagnético, mas ao invés de usar o Nitro e o Jam, eles contam com a ajuda externa de seus companheiros de farda, é possível solicitar “barreiras policiais” que fecharão rodovias impedindo a passagem dos meliantes (em alguns casos até a sua kkkk), ou chamar o auxilio de um “helicóptero” que avançara velozmente pela pista no encalço dos corredores soltando por varias vezes barras de espinhos até que seja dispensado.

 Todo esse poderio que é usado por ambos os lados é limitado e difere entre cada corrida, você poderá correr em uma pista onde todos os equipamentos estejam disponíveis ou em outras onde só alguns deles poderão estar habilitados, e isto é o que torna cada corrida única!   

Sempre que um novo equipamento é adquirido um video demonstrativo o descreve passo a passo.

Neste caso, a barra de espinhos.

Como pode ver, ainda há disponivel 4 pulsos eletromagnético, 2 helicópteros e 4 espinhos.

  

“Remastered”, mas com poucas novidades!

Voltando para o lançamento de 2020, tudo que foi falado acima está presente no Remaster,  posso dizer que em questões gráficas tivemos algum aprimoramento, mas nada muito gritante, o jogo esta com cores mais fortes, o que torna os carros mais “vivos”, já durante as pistas a noite o que se destaca são os carros da polícia, com seus giroflex iluminando mais do que deveriam, os cenários também ficaram mais polidos, mas está melhora para alguns pode ser insignificante, os mais críticos e minuciosos poderão notar estes pequenas diferenças que citei. A jogabilidade parece estar um pouco mais rápida, mas toda sua mecânica ainda funciona da mesma forma. Claro que este título não seria um remaster completo sem a adição de suas duas DLC’s que estão presentes sendo os modos “Armed and Dangerous” e “Lamborghini Untamed” que acrescentam novas pistas e carros ao acervo de Hot Pursuit.

A polícia também roda com supermáquinas, como é o caso desta Lamborghini Sesto Elemento.

O jogo continua com o estilo de competição assíncrona, ou seja, você pode colocar seus recordes nas pistas e estando conectado ao “Autolog” estes recordes poderão ser visualizados por outros jogadores a qualquer momento, que tentarão supera-los, assim como você poderá enviar ou receber um proposta de recorde para superar, para os jogadores mais competitivos ter seus recordes quebrados não é uma sensação boa e isto fara com que voltem à corridas já finalizadas com o único objetivo de colocar um novo, tornando altíssimo o fator replay do jogo. Mas se jogar offline é legal para completar as pistas e colocar recordes, o modo multiplayer é muito melhor, isto porque como já foi dito, você não só correra e tentara ultrapassar e vencer, poderá utilizar as armas mencionadas no modo Armed and Dangerous contra seus amigos, e isto de pose de uma Lamborghini Sesto Elemento que também é um carro de DLC.

Várias marcas famosas estão no jogo, como McLaren e Bugatti.

Need for Speed Hot Pursuit 3ª Geração.

Lembra lá no início da matéria que falei sobre NFS Hot Pursuit ser o título mais destacado dentre todos na franquia? Pois bem, então vamos voltar lá na época saudosa do Playstation 1 (e põe saudosa nisso!), após laçados Need for Speed 1 e 2, que tinha como desenvolvedora a “Electronic Arts” (hoje em dia ela é publicadora da franquia) surge em meados de março de 1998 “Need for Speed III: Hot Pursuit, que estreou as perseguições policias, e foi de extremo sucesso, o que fez com que a série se torna-se ainda mais popular, anos mais tarde chegava o poderoso Playstation 2 que deu um salto gráfico gigantesco com relação ao seu predecessor, e logo nos primeiros anos de vida nos apresentava nada menos que “Need for Speed: Hot Pursuit 2 com gráficos que impressionavam para a época, e com algumas mecânicas totalmente novas, como a visualização do carro em meio a corrida, onde era como se o jogo pause-se e a câmera girava ao redor do carro mostrando todos os ângulos de visão, ou quando a câmera avançava uma grande parte da pista como um feixe de fogo, mostrando tudo que havia a frente, inclusive viaturas paradas o aguardando, era simplesmente fantástico, também fez um enorme sucesso o que ocasionou nesta terceira adaptação da qual vos falo nesta matéria. É obvio que se não fosse um dos títulos que mais agradou os fãs não teriam criado estas versões em épocas diferentes, então um Remaster era mais do que merecido.

Mesmo não tendo uma história aparecem varias explicações durante o jogo, e uma legenda em portugues fez muita falta.

Conclusão:

Need for Speed Hot Pursuit Remastered é um jogo que não consegue ser tão superior quanto a versão original de 2010, mas não é culpa dele pois o original já era ótimo, então não tinha muito a melhorar, porém para quem jogou no PS3 é muito bom saber que ele envelheceu muito bem e não fica atrás de títulos mais recentes em termos de diversão, para aqueles que não tiveram a oportunidade de jogar na geração passada esta ai uma ótima oportunidade de joga-lo, porém não sei se muitos jogadores vão achar atrativo o seu preço, que varia entre 180,00 a 230,00 reais, eu acho que mesmo sendo um ótimo título, e sendo obrigatório para todo fã deveria ter vindo com um preço mais “camarada”, mas com o dólar em alta, é um pouco difícil fugir desta situação. Quem puder deve apreciar tudo o que NFS Hot Pursuit Remastered tem a oferecer, e quem não puder, basta esperar um pouco, pois este preço tende a cair em alguns meses, fica a dica.

Need for Speed Hot Pursuit Remastered está disponível para Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC.

 Nota 4/5