UNRAVEL TWO - REVIEW
03.07
2018
UNRAVEL TWO – REVIEW

Plataforma e Puzzles!

 

Unravel Two, um belo jogo de puzzle e plataforma, que foi lançado para PS4, Xbox One e PC, sendo que a versão do PC esta disponível pela Origin, plataforma de jogos da EA, custando a bagatela de R$39,90. Este game é a continuação do Unravel, desta vez focado em trabalho em equipe, você terá o controle de dois protagonistas além das opções de jogar sozinho ou em co-op local.

Experimentamos o game e aqui iremos deixar para vocês a nossa experiência.

Trabalho em equipe!

O jogo clama por um co-op local, este game é para chamar um amigo e marcar aquela jogatina a dois, pois agora o Yarny tem um amigo que irá fazer parte desta aventura. Mas fique tranquilo, caso você queira jogar sozinho é possível e o gameplay continua divertido.

Isso acontece, porque agora o Yarny não fica mais preso a um novelo de lã, ele e seu companheiro ficam ligados por um fio, com isso a distância de um personagem para o outro na tela fica bastante limitada, sendo necessário o trabalho em equipe para atravessar alguns obstáculos. Uma adição bacana é que agora é possível customizar os personagens, desde o formato da cabeça e cor deles, até mesmo seus olhos. Você pode ter novas customizações passando missões mais difíceis.

Logo de cara o jogo te apresenta de forma leve e descontraída as mecânicas de gameplay. Caso você tenha jogado o primeiro verá que temos algumas novidades como Slow Motion, você consegue ficar “preso” a parede por um instante e pulos mais longos. Para passar de certos pontos o trabalho com o segundo personagem é crucial, por exemplo, subir em lugares, empurrar objetos, passar dos puzzles, tudo aqui te puxa para um trabalho em equipe.

Temos algumas missões extras no jogo, que são as mais difíceis, você tem como objetivo passar um pequeno puzzle para resgatar um novo amigo. Acredite, nestas missões você irá gastar bastante tempo, eu pelo menos, gastei!

O que se passa em UnravelTwo?

 

A dupla de protagonistas do game acompanha dois adolescentes que decidiram fugir de casa, isso dado ao relacionamento abusivo que tinham com os seus pais. Um tipo de energia, parecendo com uma “estrela encantada” irá guiá-los pela aventura, Yarny e seu amigo conseguem intervir na ação dos pais para salvar as crianças sem serem percebidos, mas fique tranquilo, que você não ira enfrentar nenhum adulto maluco durante a aventura. Muitas vezes o trabalho é apenas guiar os garotos para uma saída mais próxima ou atrasar os pais dos meninos. Além disso, você ira se deparar com o que apelidei de “energia negativa”, são criaturas que parecem pontos de energia que se encostarem em você, será seu fim, então, não marque bobeira, e tome cuidado.

 

O mais interessante é que toda a jornada das crianças é contada em segundo plano, de uma forma mais abstrata, tudo pensado no game designer, e nada influencia diretamente o seu gameplay, enquanto a história dos jovens aventureiros se passa no segundo plano, no primeiro plano temos algo mais detalhado, o decorrer das ações e da história, um mundo mais realista com um gráfico muito mais detalhado do que do primeiro jogo.

Tudo isso foi claramente pensado por conta do enredo do game, o que também impactou na trilha sonora do jogo deixando mais atual.

 

Jogo Casual?

Quando esse jogo apareceu na E3 de 2018, o foco foi sua arte maravilhosa, e disseram que a sequencia de Unravel Two teria um nível de dificuldade maior que a de seu antecessor. Partindo deste ponto, claramente existe uma curva de aprendizado no game, e algumas ajudas, como o slow motion que desenvolve o seu gameplay.Não é um jogo que fará você perder a cabeça com os puzzles e etc.

A campanha tem a dosagem certa de tempo, suas 7 fases principais são longas, mas não são cansativas, a arte e a trilha sonora colaboram para você passar por toda a missão sem se sentir torturado.

O jogo da indícios de conquistas/troféus, para no caso do player terminar o game sem morrer, ou terminar em speed run. Considerando estes dois pontos, acredito que para alcançar estas conquistas teremos os picos de dificuldade.

Vale ressaltar que as fases extras do jogo têm os puzzles mais difíceis do game.

 

Conclusão

 

Unravel Two, chega com a adição de um novo protagonista, o que te da a possibilidade do co-op local.

A arte linda e mais detalhada que o primeiro é o destaques do game, mesmo com as alterações e adições de movimentos na mecânica do jogo, ele não irá desagradar os fãs da série. Temos uma ótima continuação de um belo jogo que vale a pena ser visitado.

Compartilhem o que acharam da continuação desta franquia!

 

Nota:8

 

 

 

 

Aqui eu compartilho a minha visão do mundo nerd e tudo que nele habita.
Lembrando que muitos dizem, que já sou velho para essas coisas, mas acho que nada disso tem idade e nem morre com o tempo, assim como os dinossauros!

GeekSaw • www.geeksaw.com.br
Tema por Gabriela Gomes