Resenha | Jovens de Elite

0
174

“É minha vez de usar. Minha vez de machucar.” –  Adelina

A editora Rocco com o selo Jovens Leitores emplaca mais um sucesso com a autora Marie Lu, de titulo Jovens de Elite.

Cuidado: Historia altamente viciante, pode causar dependência.

Adelina era uma menina como todas as outras, normal, Isso antes da febre do sangue que marcou as crianças que sobreviveram (com marcas no corpo) fazendo com que muitos ou morressem ou ficassem marcados pra sempre pra serem lembrados da terrível devastação que ocorreu. Mais da metade da população estava agora nessa situação. Esses são chamados de malffetos e que também ocorre boatos sobre adquirirem poderes. O tratamento que essas crianças recebe é cada vez pior, os familiares sentem vergonha deles, ou os vendem ou os exila. Adelina, agora considerada sinal de má sorte e desgraça, é atormentada e maltratada pelo pai, que acredita que desta maneira poderá despertar em Adelina algo que a faça valer algo pra ele, seu pai quer ganhar dinheiro em cima dela, mas essa tentativa de tentar expô-la não ocorre, seu pai é extremamente péssimo para ela, uma criança que necessitava de todo amor e carinho, mas ela se via sozinha, somente sua irmã Violetta era a querida pelo pai, a filha ideal, a protegida.

Quando Adelina finalmente toma coragem para fugir, ele tenta impedi-la, pois queria vende-la. Raiva, medo e ódio a possuem. Estranhas criaturas sem forma começam a se levantar do chão em volta deles. O pai de Adelina, então, acaba morto e ela é levada a julgamento por Teren Santoro que também tem um passado cheio de segredos.

É durante sua execução na fogueira que surge um homem mascarado, aparentemente capaz de controlar o fogo. E é assim que Adelina conhece os jovens de elite. Depois de resgatada, Adelina deverá tentar dominar seu poder e se provar digna de confiança para permanecer com a Sociedade da Adaga. Mas isso não será  fácil.

A escrita da autora,  Marie Lu, é bem focada e concisa. A expectativa o desenvolvimento da historia vai muito além do que se imagina. Trazendo personagens que o leitor pode se conectar facilmente. A autora trabalhou com maestria o lado vilão, diferente do herói amigável, A personagem principal Adelina sofre demais, sendo intensamente cercada de desprezo, tornando a vingança sua única aliada, cheia de fúria e fome de poder,enfim se tornando instável. Ao decorrer da historia paira sobre o ar grande expectativa se ela vai ou não liberar esse repulso que ela sentiu e ainda sente dentro de si, mas a surpresa será extraordinária. Em uma manifestação a autora empenha tensão na narrativa da personagem, aonde vemos com clareza uma mente sombria.

O livro nos leva a um mundo que remete à Roma antiga, deixando na superfície as crenças e valores que são diferentes da nossa sociedade atual. Inquisição, Monarquia, conspirações, luta por poder e jogos políticos são alguns dos elementos principais do enredo. Os poderes de cada Jovem de elite são bem diversificados e foram muito bem explorados. Com uma capa muito bem ilustrada, capítulos bem separados e montados, a diagramação não deixa nada a desejar. Nessa historia que vai muito além do racional, você irá se surpreender e se encantar.

 

Livro: Jovens de Elite

Autora: Marie Lu

N° de Pag: 302

Editora: ROCCO (Selo Jovens Leitores)

Preço: 27,90