BGS 2019 | Jogamos Project Resistance, da franquia Resident Evil

0
16

A Brasil Game Show 2019 já está entre nós. O maior evento de games da América Latina acontece no Pavilhão do Expo Center Norte, entre os dias 9 à 13 de outubro. Os ingressos ainda estão à venda.

Tivemos a oportunidade de jogar a versão teste de Project Resistance, o mais novo projeto da franquia Resident Evil, que está disponível com exclusividade ao público no estande da Warner Bros Games.

O formato do jogo é simples, um jogo de cooperação entre 4 jogadores do gênero survival horror, no qual os sobreviventes têm de escapar de uma zona de confinamento que está sob o domínio do 5º jogador, denominado como Vilão.

A equipe de sobreviventes é composta por uma hacker, um tank, uma healer (suporte) e um jogador melee (combate corpo à corpo). Todos possuem habilidades distintas, porém necessárias, para atrapalhar o Vilão, sendo elas:

  • Hacker (January Van Sant):
    • Habilidade Pessoal: Sobrecarga – Desabilita as câmeras de vigilância do Vilão.
    • Habilidade Fever: PEM – Aumenta o custo das cartas do Vilão.
  • Tank (Tyrone Henry):
    • Habilidade Pessoal: Chute forte – Derruba os inimigos à sua frente com um chute poderoso.
    • Habilidade Fever: Rali – Aumenta a moral do seu time e reduz o dano recebido por um curto tempo.
  • Healer (Valerie Harmon):
    • Habilidade Pessoal: Instintos de Sobrevivência – Destaca itens próximos e causa dano extra a inimigos marcados.
    • Habilidade Fever: Spray de Primeiros Socorros Modificado – Coloca um spray que cura gradualmente os sobreviventes próximos.
  • Melee (Samuel Jordan):
    • Habilidade Pessoal: Soco com corrida – Corre até inimigos próximos e os soca.
    • Habilidade Fever: Punhos de Ferro – Socos mais rápidos e poderosos enquanto a habilidade está ativa. Outras armas não podem ser usadas nesse período.

Já o vilão monitora todos os ambientes em que os sobreviventes se encontram, podendo alternar as câmeras ou de acordo com o progresso dos mesmos, ou da maneira que preferir como, por exemplo, ir adiantando armadilhas (que podem ser colocadas no momento que o jogo acontece como também as pré estabelecidas de acordo com o mapa escolhido pelo jogador antes do início da partida).

O vilão têm diversas opções para serem usadas contra os sobreviventes, desde armadilhas à metralhadoras, como também diferentes tipos de zumbis, entre eles Carnificina, Zumbi Rastejante e até mesmo o icônico Mr. X, que podem agir aleatoriamente ou serem controlados pelo jogador.

A partida começa com uma contagem regressiva, podendo ser personalizada como for de agrado aos jogadores, à partir de 5 minutos. Caso a contagem chegue ao fim sem o cumprimento dos objetivos, a vitória fica para o Vilão. Entretanto quando os jogadores vão cumprindo os objetivos ou derrotando os inimigos, são adicionados mais segundos ou minutos ao relógio de contagem regressiva. Os jogadores podem e devem comunicar entre si, no qual a colaboração entre todos é essencial para conquistar o objetivo principal, escapar da zona de confinamento.

Os ambientes do jogo conseguem resgatar superficialmente o clima de tensão de Resident Evil, assim como resgatar alguns elementos estéticos, tanto visual quanto no sonoro, mas ao mesmo tempo que faz referência à esse universo, consegue ter vida única dentro de seu próprio universo.

A jogabilidade é objetiva, não oferecendo qualquer dificuldade ao jogador quanto os controles. Sendo apenas necessário o raciocínio quanto as decisões e conquistas de objetivos.

Ainda sem data de lançamento, Project Resistance está sendo produzido para as plataformas PS4Xbox One Steam.