Review – Maize
15.11
2017
Review – Maize

Sentiu falta de um jogo completamente insano? Maize lançado para Playstation 4 é a resposta para você

 

Experimento

Dois cientistas e pesquisadores interpretaram de forma errônea um memorando do governo dos Estados Unidos e acabam criando um conceito de experimento complexo ao tornar espigas de milho inteligentes. Já consegue imaginar onde isso pode chegar?

 

Bom Humor Cientifico

Explore ao máximo todo o milharal e a fazenda abandonada com seus comandos simples e a câmera em primeira pessoa. A jogabilidade é completamente baseada nos itens. Alguns deles têm variações para seu uso em determinados puzzles e áreas, que assim solucionados vão abrindo caminho onde há caixas bloqueando seu caminho. Uma pequena ajuda que pode servir bem, que chega na descrição de alguns itens com dicas de quando estão equipados, e assim meio que dando um possível conselho de onde usá-lo.

Até você pegar o jeito e de onde usar os itens e também ao interagir com o cenário e alguns objetos, você pode travar bastante em alguns momentos do jogo. Se ainda continuar perdido, persista mais em sua busca pelos itens e assim dando vida ao seu “camarada” Vladdy um Urso de Pelúcia Robótico Russo e mal-humorado que sempre vai estar reclamando de tudo. Ele é bem útil em alguns lugares onde você não tem acesso, assim liberando outras saídas alternativas. O jogo contém vários puzzles e bom humor.  E falar no bom humor, Ted e Bob, os dois pesquisadores, que vivem discutindo o tempo todo que não são vistos durante o jogo, mas deixam todas suas discussões através dos post-its que um deixava para o outro, engraçadas demais.

 

Milharal Cientificado

Para um jogo índie, ele tem um visual bonito, pouco cartunesco, mas que chama bastante atenção por seus detalhes pelos lugares onde passamos, com itens variados e pelo seu humor nos perspectivos cenários, em quadros, nas estátuas, nos desenhos e claro nos personagens.

Ponto positivo para as cut-scenes, muito bem-feitas por sinal e com bons enquadramentos que nos situam bem ao que acontece em cena. O trabalho de arte do jogo foi caprichado e contém bastante humor em muitos dos seus aspectos apresentados.

 

Um Estouro Simplório

Maize é uma jornada sem noção, mas bem divertida e engraçada. Onde te prende pela vontade que ele cria dentro de você para tentar descobrir o que aconteceu com todos aqueles pesquisadores e ao resolver todos os puzzles dando continuidade e avançando com a narrativa.

Em alguns momentos do jogo, você vai notar algumas quedas de frames, pequenas, mas notáveis. Mas no fim das contas vale a pena jogar, pois você vai se divertir bastante, mesmo sendo esquisito, que vai te surpreender do seu jeito e com todo seu carisma.

Vladdy é um dos motivos que vai te fazer rir bastante, pois tudo para ele é inútil: o lugar, as plantas, suas ações, e até mesmo os favores que você pede, mas ele acaba fazendo no fim das contas.

Nota: 6

 

Maize está disponível para PC, Playstation 4 e Xbox One.

Primeiro Batman antes de Bruce Wayne. Extrovertido e sem graça. Uma mistura de piadas ruins e clichês, e um senso de humor gigante para rir delas. Editor chefe do GeekSaw. Apaixonado pela “Bigscreen” e por tudo que é novidade.


GeekSaw • www.geeksaw.com.br
Tema por Gabriela Gomes