Review - Resident Evil: Revelations (PlayStation 4)
03.11
2017
Review – Resident Evil: Revelations (PlayStation 4)

A oitava geração de consoles recebe mais um jogo remasterizado ao elenco, vindo diretamente das raízes do Nintendo 3DSem 2012, posteriormente lançado um ano depois para Playstation 3, X Box 360 e Wii U, agora Resident Evil Revelations da o ar da graça ao Playstation 4, X Box One e Nintendo Switch.

Versões para todos os gostos

Resident Evil Revelations  foi lançado na época exclusivamente para 3DS como mencionado antes, ele é dito por muitos jogadores como um dos jogos que mais exigiu da capacidade do pequeno portátil, foi um título excelente, porém poucos puderam ter a oportunidade de joga-lo pelo fato do 3DS ainda estar se popularizando, consequentemente uma versão mais polida e melhorada foi feita para PS3, 360 e Wii U abrangendo um publico maior, onde rapidamente ganhou status trazendo de volta o terror que a franquia havia perdido a algum tempo.
Agora no PS4, One e Switch, rodando a 1080p e 60 FPS, eis que temos a versão definitiva de RE Revelations, o jogo está com um visual mais claro e mais limpo, detalhes dos personagens e monstros estão mais visíveis e a jogabilidade está mais fluida, mudanças que com certeza quem jogou na sétima geração vai notar de imediato, e para quem não teve oportunidade, ai está o momento ideal de faze-lo.

 

Alguns extras mas nenhuma grande surpresa

Resident Evil: Revelations já vem com todas as DLC’s que foram lançadas, sendo elas armas para usar inicialmente na campanha ou no modo Raide, personagens, roupas extras e um cenário bônus, esses somente para o modo Raide.
 Nenhuma grande mudança no contexto geral do jogo foi introduzida, o modo história é dividido em 12 capítulos  levando em torno de 7 a 11 horas para serem concluídos, claro, levando em consideração se você vai procurar todos os itens escondidos, se vai acompanhar todas as cutcenes, se vai ler todos os arquivos (que enriquecem muito o contar da trama do jogo), mas caso não, ai pode-se baixar o tempo de conclusão consideravelmente, mas eu aconselho a explorar totalmente os ambientes, você encontrará itens e informações valiosas.

Fator replay essencial

Jogar a campanha de RE Revelations é muito gratificante, a história é ótima, o sistema de capítulos foi muito bem introduzido ao jogo, onde ao final de cada um temos uma prévia do que irá acontecer no próximo, como acontece nas séries de tv. A cada novo capítulo jogamos com um personagem diferente, sempre deixando intrigas e mistérios para serem resolvidos mais a frente, isso ocasiona aquela vontade de continuar a jogar para saber como será o desfecho, e pode ter certeza, quase todos os episódios vão ter deixar com essa sensação.

 

Temos um novo vírus que ameaça mais uma vez a humanidade, o T-Abyss, e para impedir que ele se espalhe Jill Valentine e Chris Redfield estão de volta para combater os terroristas e suas b.o.w.’s (biological organic weapons ou armas biológicas orgânicas). Além de Jill e Chris, temos novos personagens introduzidos na série, como Parker Luciani, que acompanha Jill durante quase todo o jogo e Jessica Sherawat, que está com Chris.

 

Existem 3 níveis de dificuldade no jogo, casual, normal e infernal, o nível normal já é uma experiência desafiadora, mas é no nível infernal onde você vai ser testado, inimigos aparecem com muito mais facilidade além de serem mais resistentes, itens estão em locais diferentes e munições vão ficar mais escassas, nesse nível, só atirar e correr não vai adiantar, a estratégia terá que ser muito bem elaborada e a experiência adquirida nos gameplay’s anteriores vai ser mais que necessária para se chegar ao final. Pelo menos podemos iniciar este nível no Novo Jogo+, que nada mais é do que iniciar uma nova campanha (no infernal) com todas as armas adquiridas e as munições remanescentes ao final da campanha anterior.
Agora caso você seja daqueles que só gosta de jogar a campanha uma vez e prefere estar online com os amigos, o modo de Raide é o ideal, a maior parte do fator replay está nele, que consiste em avançar por 20 cenários repletos de inimigos com habilidades diferentes, você terá que evoluir o personagem, equipar atributos nas armas e também evolui-las, ou comprar armas já evoluídas no mercado usando seus PB’s, pontos adquiridos ao se jogar a campanha ou mesmo as telas do modo de Raide.

 

O modo de Raide é viciante, as fases iniciais são fáceis e te deixarão confortável no início, mas a medida que se vai subindo para os demais níveis o jogo te trará desafios insanos, monstros gigantes aparecerão, lentos porem com ataques devastadores que consumirão seus pontos de vida rapidamente, ou monstros pequeninos e mais fracos, só que muito mais rápidos, vão ser uma pedra no seu sapato, associe isso com monstros pegando fogo, ou com ataques congelantes, entre outras grotescas habilidades, o modo de Raide vai ser o seu desafio máximo, e se mesmo assim você conseguir passar pelos 20, tente o cenário bônus, o Navio Fantasma, que já vem incluso no disco, só para entrar nele é necessário personagem em nível 50, e ai?…vai encarar?!!

 

Conclusão

Resident Evil Revelations não sofreu uma mudança estrondosa mas é valido dizer que melhorou sim com relação a sétima geração de consoles, foram mudanças sutis mas notáveis, o visual está mais bonito e a jogabilidade mais rápida, todas as dlc’s presentes, um fator replay excelente que vai te prender por horas, e jogando com um amigo ainda fica melhor, é uma pena não terem incluído um modo para dois jogadores local, temos ainda 55 troféus distribuídos entre bronze, prata e ouro mais a platina para os bons e velhos caçadores, uma boa parte desses troféus etão localizados no modo de Raide.
Colecionadores tem a obrigação de adquirir este título e quem não teve a oportunidade de jogar, a hora é esta, não deixe passar, um dos Resident‘s mais marcantes com uma ótima história e uma jogabilidade que mistura a ação dos jogos atuais com o terror e suspenses dos clássicos!!!
Nota: 9

Membro do S.T.A.R.S ao lado de Chris, apaixonado por games desde sempre, extrovertido e amigão da vizinhança, segundo super-soldado conhecido pela humanidade e chamado de Nash, analista de games do Portal GeekSaw.


GeekSaw • www.geeksaw.com.br
Tema por Gabriela Gomes