Mayim Bialik está tentando trazer Blossom de volta

0
148

Mayim Bialik está tentando trazer de volta Blossom, depois de anos de tentativas anteriores fracassadas. De acordo com a estrela de Call Me Kat, ela tem uma ideia para um revival de Blossom que ela desenvolveu com o criador da série Don Reo, que os dois estão felizes. O problema parece ser encontrar um estúdio que dê luz verde ao projeto. Bem, Bialik agora está adotando o método moderno de fazer esse tipo de coisa: anunciá-lo em um fórum público e obter muitos fãs nas redes sociais. Então, se você quer que o reavivamento do Blossom faça barulho …

Em declarações à EW, Mayim Bialik deu aos fãs de Blossom esta atualização sobre onde está o esforço de um reboot, depois que ela e Don Reo têm pressionado por anos para que isso aconteça:

“Tem sido realmente fascinante. Em certo ponto, posso começar uma campanha com a base de fãs para ver se podemos fazer isso, porque absolutamente adoraríamos que as pessoas vissem onde esses personagens estão”, acrescenta ela. “[Reo] e eu conversamos sobre isso e decidimos depois de literalmente anos tentando trabalhar nisso que eu provavelmente diria em voz alta. Temos uma ideia bem formada e adoraríamos que alguém nos deixasse fazer isto.”

Blossom ocupa um espaço interessante na história das sitcons. Como a reportagem da EW aponta, a série atingiu um acorde de lutas saudáveis ​​na adolescência, ao mesmo tempo em que abordava questões polêmicas oportunas como gravidez na adolescência e agressão sexual, sem nunca exagerar na sexualização dos personagens, como era a tendência na década de 1990, com programas como Beverly Hills 90210, ou Married with Children. Se você não conhece, aqui está a sinopse do que era Blossom:

Esta sitcom adolescente tem o nome de sua personagem principal, a simpática colegial Blossom Russo. Ele gira em torno de sua vida na escola e em casa, onde ela vive com seu pai solteiro, o encantador músico Nick Russo, que se esforça para ser uma mãe exemplar, e seus dois irmãos mais velhos, o legal Anthony, o mais velho, e doce, mas sim fraco e ingênuo Joey. Sua melhor amiga, Six LeMeure, que é educacionalmente negligenciada em sua casa e, portanto, está quase sempre por perto dos Russos assim como na escola, é a voz da travessura e, portanto, frequentemente sua parceira no crime.

Essa pequena sinopse feliz desmente o subtexto mais sombrio com o qual Blossom lidou. A família Russo foi quebrada pela mãe os abandonando para seguir sua própria vida e carreira; o pai, Nick, entrava e saía de casa em busca de shows musicais; o irmão mais velho, Anthony, era um viciado em recuperação, traumatizado pela separação dos pais; sua melhor amiga, Six, era uma criança negligenciada de uma família enorme, que caiu em um vício, um caso, e luta para ter sucesso acadêmico; enquanto até o adorável Joey é um atleta idiota cujas atitudes fariam com que ele fosse cancelado em cinco minutos, para os padrões de 2021.

Com o quão longe a TV avançou, um renascimento de Blossom poderia realmente pegar essas realidades mais difíceis do show e torná-las um ótimo alimento para uma geração mais velha experiente, tentando guiar a mais jovem através de questões igualmente complicadas, em tempos mais complexos.