Sandman: Neil Gaiman confirma que série será ambientada em 2021

0
196

Em uma entrevista recente à Digital Spy, o criador Neil Gaiman revelou um novo detalhe sobre a tão esperada adaptação em série da Netflix de The Sandman, da Vertigo Comics, confirmando que o enredo do programa será ambientado em 2021. Sua confirmação realmente ecoou sua declaração anterior sobre fazer algumas mudanças ou atualizações na história e nos personagens populares para se encaixar na era atual.

“Estamos trabalhando com a Netflix, que deveríamos começar a filmar no final de maio”, compartilhou Gaiman. “Dado esse mundo COVID, tudo está em pausa. A versão Netflix começará em 2021, então Morfeu será mantido prisioneiro na versão Netflix por 105 anos, em vez de 70 anos.”

Ele acrescentou: “Vamos pegar esse, ver o que isso faz. Já está nos roteiros, faz coisas interessantes porque … se estivéssemos criando esse personagem agora, qual seria o gênero do personagem? “

Houve inúmeras tentativas de transformar os quadrinhos de Sandman em adaptações antes, que remontam aos anos 90, quando a série começou. Recentemente, Joseph Gordon-Levitt foi contratado para estrelar e dirigir uma adaptação para o cinema no New Line Cinema da WB antes que essa versão não se concretizasse.

Sandman, que lançou a marca Vertigo da DC Comics, ocorreu por 75 edições a partir de 1989. Os mundos dentro de mundos de Gaiman teceram uma antologia episódica, com foco no caráter alegórico de Dream e seus irmãos e irmãs, conhecidos como Infinitos (Morte, Desejo Desespero, Delírio, Destruição e Destino).

A série será executada por Neil Gaiman e David Goyer, com o co-roteirista de Mulher Maravilha, Allan Heinberg, atuando como showrunner. No ano passado, Gaiman também revelou que já está planejando uma segunda temporada em potencial.

A adaptação da série Sandman marca outra adaptação cômica de destaque para a Netflix, que já tem Umbrella Academy da Dark Horse em produção na segunda temporada, juntamente com muitos trabalhos de Mark Millar como The Magic Order & Jupiter’s Legacy.