James Gunn teve que lutar para escalar Dave Bautista em Guardiões da Galáxia

0
203

Depois de dois filmes e algum tempo na franquia Vingadores, seria difícil imaginar qualquer um dos personagens de Guardiões da Galáxia interpretados por mais alguém. Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Karen Gillan, Pom Klementieff, Bradley Cooper e Vin Diesel juntam a adorável família de desajustados espaciais de uma maneira que ninguém mais poderia, mas o processo de seleção por trás da equipe popular não foi tão fácil de juntar como suas personas na tela. Parece que havia uma chance de que Bautista, que passou a maior parte de sua carreira de entretenimento no WWE, não iria conseguir o emprego como Drax do MCU. Felizmente, o escritor e diretor James Gunn foi batalhar por ele.

Durante uma sessão de perguntas e respostas no Twitter no fim de semana, Gunn foi questionado sobre a recepção inicial para escalar Bautista no papel de Drax, e se ele tinha ou não que lutar pelo astro da WWE que virou ator. Gunn deixou claro que ele tinha que lutar por Bautista para conseguir o papel.

“Eu tive que lutar por ele”, escreveu Gunnem resposta à pergunta dos fãs, “e foi a luta mais digna que eu já lutei. Amo e sinto sua falta [Dave Bautista] ”.

O amor entre Gunn e Bautista claramente é profundo. Se você se lembra, em 2018, Gunn foi demitido de seu cargo de diretor da franquia Guardiões da Galáxia, depois que vários tweets insensíveis de seu passado foram desenterrados por trolls online. Gunn acabou sendo contratado pela Disney e pela Marvel cerca de um ano depois, mas seu elenco nunca o abandonou. Todo o elenco de Guardiões estava em solidariedade com Gunn, mas nenhum foi mais forte em apoio ao cineasta do que Bautista. Foi Bautista quem ficou frente a frente com a Disney e pediu que Gunn fosse recontratado.

É esse tipo de amizade que torna os Guardiões da Galáxia tão autênticos. O relacionamento que eles retratam na tela reflete diretamente o que eles têm na vida real.