Resenha | A Colônia
06.10
2016
Resenha | A Colônia

 

“Subiu o feixe da lanterna e viu que era outra coisa. Mais antigas. Ela já havia visto pinturas em cavernas antes, mas aquela era diferente. Era simples. A imagem lhe deu arrepios. Uma aranha.”

 

A editora Suma de Letras apresenta o primeiro livro de uma série homônima do autor Ezekiel Boone, intitulada ” A Colônia”

 

a-colonia

 

 

Ao arredores do Parque Nacional de Manu, Peru algo datado com mais de mil anos, ressurge. Um grupo de americanos está explorando o local enquanto seu guia parece descontente com tanta tagarelice. Aventurar-se pelo desconhecido começa a se tornar muito mais que emocionante, talvez devêssemos usar a palavra, aterrorizante pois um rio preto com sons agonizantes simplesmente iria cobrir um dos participantes dessa trilha. Miguel, integrante desse grupo permanece inerte ao terror do que ele presenciava, milhares de pernas peludas e olhos vidrados, devorando aquele corpo. Eram aranhas e não apenas algumas delas e sim milhares delas.

Do outro lado do mundo, praticamente, estava o agente Mike descontente com sua vida e seus problemas com sua ex e agora um recente acidente de avião toma seu tempo de modo que ele, começa a duvidar da realidade. Uma conspiração mirabolante está sendo disseminada pelos quatros cantos do mundo. Mas é quando em Washington D.C  um estranho pacote chega no laboratório da Dra Melanie que tudo começa a ser desvendado. Em uma reunião extra oficial com o secretario de defesa dos estados unidos e a própria presidente, uma corrida contra o tempo se inicia. Abalos sísmicos e outros eventos estranhos apenas marcam o futuro fim do mundo e a mensagem é simples e aterrorizante “Elas foram criadas para comer”. E isso era somente a primeiro ataque. O medo acaba de ganhar um novo sinônimo.

“Melanie nunca havia entendido o pânico que as pessoas sentiam de aranhas. Por que todo mundo tinha tanto medo? (…) Talvez isso não fosse extraordinário; as crianças aprendiam a ter medo com os pais. Mas com quem os pais aprendiam a ter medo? Não, ela nunca havia entendido o medo de aranhas. Até aquele momento.

Narrado em terceira pessoa, conheceremos personagens dos quatros cantos do mundo como em uma ilha na Escócia; em um navio cargueiro; no escritório da CNN em Atlanta; e mais, assim cada drama vivido em um cenário apocalíptico torna-se essencial de forma linear e sem se deixar tornar-se irrelevante. É uma grande mistura de terror e ficção, bem elaborados com prologo e agradecimentos especiais do autor no final. O livro que é bem dividido e seus subtítulos ajudam o leitor a se encontrar facilmente no enredo, com uma capa que já inicialmente desperta um frenesi, preparando o leitor para cenas agonizantes e ritmadas com muito drama, aventura e terror.  O autor Ezekiel Boone brilhantemente consegue trazer o único do terror sobre as aranhas de uma forma primorosa descritas com detalhes ricamente assustadores. Um clássico muito bem recomendado com um enredo de deixar qualquer aracnofóbico sem dormir por semanas. O medo nunca foi um elemento tão essencial em uma leitura.

 

Título: A Colônia
Série: A Colônia – Livro 1
Autor: Ezekiel Boone
Editora: Suma de Letras
Número de Páginas: 272

Gamer, Jedi e prima de segundo grau de um Vulcano. Apaixonada por psicologia e ficção cientifica, declarando guerra ao império diariamente sentada no sofá ouvindo beethoven e tomando uma dose de dinamite pangaláctica.


GeekSaw • www.geeksaw.com.br
Tema por Gabriela Gomes