CEO da Disney fala sobre demissão de Gina Carano

0
200

Após a demissão de Gina Carano de The Mandalorian, por conta de comentários ofensivos em redes sociais, o CEO da Walt Disney Pictures falou sobre a situação da atriz.

”Realmente não vejo a Disney caracterizando-se como de esquerda ou de direita. Ao invés disso, preferimos defender valores, valores universais, valores de respeito, valores de decência, valores de integridade e valores de inclusão, buscando sempre ter um conteúdo reflexivo da rica diversidade do mundo em que vivemos. E acho que é um mundo que todos devemos viver em harmonia e paz.”,‎ disse Bob Chapek, em defesa do posicionamento da empresa sobre a questão.

Vale lembrar que Gina Carano comparou o clima político dos Estados Unidos na ocasião ao Holocausto, o que gerou revolta e fez com que os fãs da série subissem a tag #FireGinaCarano (do inglês livre, Demita Gina Carano). A decisão do estúdio Lucasfilms veio pouco tempo depois, através de um comunicado oficial:

“Gina Carano não é mais uma empregada da Lucasfilm e não há planos para que ela seja no futuro. Os posts dela nas redes sociais ofendendo pessoas por conta de suas culturas e identidades religiosas são abomináveis e inaceitáveis”.

Haviam especulações de que Gina atuaria como papel principal na série Rangers of the New Republic, mas após polêmicas isso foi provavelmente descartado.